Saiba as notícias da semana de 3 a 9 de fevereiro 2018 selecionadas pela editoria do SIM São Gonçalo. Tudo o que você precisa saber par a se manter atualizado.

1. Comerciantes querem suspensão do IPTU

“Comerciantes de São Gonçalo estudam entrar com ação civil pública no Ministério Público (MP) para que a cidade de São Gonçalo seja obrigada a suspender a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2018. De acordo com o presidente da Associação Comercial, Empresarial, Industrial e Rural de Alcântara (Aceira), Fabiano Rodrigues, em alguns casos, o aumento chegou a 1.200%.”

Data: 04/Fev/2018
Fonte: Jornal O São Gonçalo
Link: http://www.osaogoncalo.com.br/geral/50626/comerciantes-querem-suspensao-do-iptu

2. Duas famílias sem assistência e sem moradia em SG

“Duas famílias e o mesmo drama: a falta de assistência do poder público. Por conta da forte tempestade que atingiu São Gonçalo no último mês, famílias do Centro e Colubandê ainda amargam prejuízos. Em dois momentos distintos, elas foram vítimas de desmoronamento de terra e, por conta disto, se viram obrigadas a deixar as casas em que viviam, que foram interditadas pela Defesa Civil. Passados alguns dias do ocorrido, nenhuma providência foi tomada, restando apenas a incerteza quanto o futuro.”

Data: 06/Fev/2018
Fonte: Jornal O São Gonçalo
Link: http://www.osaogoncalo.com.br/geral/50652/duas-familias-sem-assistencia-e-sem-moradia-em-sg

3. Latrocínio é principal causa de morte de PMs no RJ, diz estudo do MP-RJ

“O número de PMs mortos em 2017 chegou a 138, quatro a mais do que os números contabilizados até então. A principal causa, segundo um estudo do Ministério Público do Rio de Janeiro revelado com exclusividade pela GloboNews, foi o latrocínio ou provável latrocínio. A média é de uma morte a cada dois dias e meio.”

Data: 08/Fev/2018
Fonte: G1
Link: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/latrocinio-e-principal-causa-de-morte-de-pms-no-rj-diz-estudo-do-mp.ghtml

4. Tarifas das barcas ficam mais caras no RJ a partir de segunda-feira

“O reajuste das tarifas foi autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado (Agetransp). A tarifa social, paga por usuários portadores de cartões eletrônicos de transporte habilitados ao bilhete único intermunicipal, passará de R$ 5 para R$ 5,15. Para quem não possui o cartão, o preço R$ 5,90 vai passar a ser de R$ 6,10. A tarifa da linha seletiva de Charitas (Praça XV – Charitas e Charitas – Praça XV) passará de R$ 16,50 para R$ 16,90.”

Data: 8/Fev/2018
Fonte: G1
Link: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/tarifas-das-barcas-ficam-mais-caras-no-rj-a-partir-de-segunda-feira.ghtml

RESPONDA AO COMENTÁRIO

Escreva seu comentário aqui.
Por favor, insira seu nome aqui.