São Gonçalo perdeu um jovem e ganhou assassinos

1460
São Gonçalo perdeu um jovem e ganhou assassinos

Um jovem de 18 anos foi espancado até a morte por moradores do bairro Santa Catarina, no Dia de Finados. A Polícia encontrou seu corpo jogado dentro da mala de um carro. São Gonçalo perdeu um jovem e ganhou um grupo de assassinos, que acusaram o rapaz de cometer uma série de assaltos no bairro.

Segundo notícia publicada no jornal O São Gonçalo, um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra diversas pessoas agarrando a vítima, que teria assumido o roubo de um celular usando um simulacro de pistola. Nenhuma dessas informações haviam sido confirmadas pela Polícia. Os assassinos julgaram e condenaram o réu por conta própria e tiraram dele o direito à vida, garantido pelo Artigo 5º da Constituição Federal, que estabelece inclusive que “ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante”.

O Brasil é o país que mais lincha no mundo, de acordo com uma pesquisa do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo, e evidentemente a prática não torna o país mais seguro. Há relatos de pessoas completamente inocentes, confundidas com bandidos, sendo linchadas. Ao promover outro linchamento, a cidade de São Gonçalo se tornou mais cruel, tendência que se estende pelo Brasil inteiro.

Há outros jovens de 18 anos roubando por aí. Jovens que deveriam estar na universidade. Não podemos virar uma cidade demoníaca e espancar todos até a morte. O que faríamos depois? Uma lei que torne obrigatório o aborto daqueles que podem se tornar bandidos no futuro? Uma vida humana vale mais que todos os aparelhos celulares já fabricados.

O rapaz assassinado, cujo nome nem aparece no jornal, não aprendeu lição nenhuma com a tortura. É ilusão achar que ele vivia em um mundo saudável e escolheu ser assaltante. Não é esse o perfil do bandido brasileiro. Ele é pobre, tem baixa escolaridade e vive constantemente sob a influência e ameaça do tráfico de drogas.

Parte da população aprova o assassinato, tanto que ele foi filmado para que mais pessoas assistissem. Talvez você seja incapaz de participar dando socos e pedradas, mas concordar nas redes sociais com o linchamento de bandidos favorece a crueldade.

Queremos viver em um município seguro, desenvolvido e limpo. Nenhuma cidade do mundo conquistou essas qualidades com violência, mas protegendo a juventude e investindo na sua educação.

RESPONDA AO COMENTÁRIO

Escreva seu comentário aqui.
Por favor, insira seu nome aqui.