Mapa das barricadas é o retrato da pobreza em São Gonçalo

2530
Equipe do BOPE com efetivo do 7ºBPM retirando barricadas de ruas no Jardim Catarina. Foto: Alex Ramos / O Ssão Gonçalo
Equipe do BOPE com efetivo do 7ºBPM retirando barricadas de ruas no Jardim Catarina. Foto: Alex Ramos / O Ssão Gonçalo

Lixo, entulho, terra, manilha, plantas, pneus, madeiras, concreto. Tudo o que tiver na reta e puder ser empilhado pode servir para fazer uma barricada. A tática de guerra que ganhou as ruas dos bairros do estado do Rio serve para demarcar onde começa a influência do tráfico na região. A princípio, é para se defenderem da polícia e das facções rivais. Mas na verdade, é um limitador territorial, que mostra para os moradores quem realmente manda ali.

Nos últimos meses, o jornal o São Gonçalo abriu um canal anônimo via WhatsApp (21) 97220-6423 para que esses moradores pudessem denunciar cada um desses bloqueios. Deu certo. Acuada, a população viu na mídia uma parceira. Em pouco tempo, diversos pontos foram denunciados e mapeados.

Em alguns casos a polícia agiu. Em outros, os traficantes remontaram as barreiras rapidamente. Problemas à parte, a iniciativa serviu para mostrar que ainda há esperanças no processo de paz do estado com a colaboração da sociedade civil.

Ruas do Jardim Catarina bloqueadas a mando do tráfico. Foto: Luiz Nicolella
Ruas do Jardim Catarina bloqueadas a mando do tráfico. Foto: Luiz Nicolella / O São Gonçalo

Mapa das Barricadas mostra que o território se dividiu ainda mais

Com o objetivo de agilizar o processo, um grupo – ou um/a desenvolvedor/a – criou o aplicativo, com objetivo de facilitar mapeamento e visualização dos pontos bloqueados. Implementaram também o recurso para confirmar ou não a localização exata da rua onde a barreira se encontra.

Se você quiser vê-lo agora, clique nesse link do Mapa das Barricadas.

Entretanto, a visualização gráfica do mapa foi além. Ela deixou explícito um processo óbvio e bem conhecido no estado do Rio de Janeiro e em São Gonçalo, que é a tomada das regiões mais pobres pelo tráfico de drogas.

Mapa das Barricadas em São Gonçalo
Mapa das Barricadas em São Gonçalo em dezembro de 2017.

Esse mapa da violência só reforça algo que tanto já debatemos, que é a priorização do calçamento, saneamento básico e iluminação nos bairros mais deficitários. Quanto menor a dignidade em uma região, maior o terreno fértil para o tráfico se manter.

Diante de tantos serviços parcos, justamente o único que chega à região com eficiência é o que mais apresenta saídas aos moradores: o sinal de internet. Seja 3G ou 4G, é quase uma porta da esperança para que população dê as mãos ao poder público, ajudando as polícias, civil e militar, nessa tarefa de “gato e rato” que se transformou a guerra contra o tráfico de drogas.

Esperamos que o Mapa das Barricadas termine suas atividades em breve. Uma cidade sem barricadas é um ambiente onde o direito de ir e vir foi garantido.

RESPONDA AO COMENTÁRIO

Escreva seu comentário aqui.
Por favor, insira seu nome aqui.